Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 15 de Julho de 2020, 10:55 - A | A

Quarta-feira, 15 de Julho de 2020, 10h:55 - A | A

TANGARÁ DA SERRA

O que impede Junqueira de liberar o funcionamento da feira aos domingos?

EDÉSIO ADORNO
Tangará da Serra

O prefeito Fábio Martins Junqueira (MDB) se antecipou a aprovação pela Câmara de um decreto-legislativo de autoria do vereador Claudinho Frare, que revoga os editos do Executivo no que dizia respeito as regras restritivas de funcionamento de igrejas, suspendia o funcionamento de academias e proibia a comercialização de bebidas alcoólicas.  

A decisão de Junqueira foi acertada. A medida se fazia necessária. O setor de bares, lanchonetes, conveniências, mercearias e de supermercados já contabilizava prejuízos expressivos. Igualmente, os donos de academias já respiravam com dificuldades. A corda estava no pescoço de todos, até mesmo das igrejas, que sobrevivem das ofertas e contribuições dos fiéis.  

Feira do produtor  

Feira  3.jpg

 

Os feirantes e trabalhadores da agricultura familiar, que comercializam na Feira do Produtor verduras, frutas, legumes, pescado, produtos artesanais, carne e uma infinidade de outras iguarias, mercadorias e até bolos, doces, paes e deliciosos salgados, tem permissão para trabalhar apenas em três dias uteis da semana (2º, 4º e 6º).  

Melhor assim do que a proibição total. Ainda assim, a situação está difícil, quase insustentável para quem depende unicamente da feira para sobreviver.  Algo precisa ser feito.  

Já que o prefeito flexibilizou a venda de bebidas alcoólicas, não faz sentido manter restrição na comercialização de hortifrutigranjeiros. Autorizar o funcionamento da Feira do Produtor aos domingos, com os cuidados recomendados pelas autoridades sanitárias, é medida de conteúdo humano e de inegável caráter social. Se pode funcionar durante três dias da semana, por que motivo não poderia funcionar aos domingos, quando os consumidores tem mais disponibilidade para fazer suas compras? Com decência e ordem, tudo se torna possível. Os feirantes são homens e mulheres idôneos, responsáveis e conscientes de suas responsabilidades.  

Feira 5.JPG

 

A Associação dos Feirantes, segundo apurou nossa reportagem, faz gestão junto ao prefeito Junqueira para liberar o funcionamento da feira aos domingos. Enquanto o Executivo não permitir, a entidade precisa cumprir as determinações legais. A ninguém é dado o direito de descumprir preceitos emanados do poder público.  

Os feirantes e sua entidade associativa precisam do apoio da população e da classe política. Que o prefeito Junqueira reflita sobre a situação desses trabalhadores e autorize o funcionamento da feira aos domingos. Trabalhar é o que todos querem. A causa dos feirantes é a causa de todos nós.

As fotos que ilustram essa matéria foram reproduzidas do Tangará em Foco e do Diário da Serra.  

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT