Terça-feira, 18 de Junho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 13 de Novembro de 2020, 18:06 - A | A

13 de Novembro de 2020, 18h:06 - A | A

POLÍTICA / ARIPUANÃ

Por unanimidade TRE/MT rejeita recurso e mantém Canarinho fora do pleito

Edésio Adorno
Tangará da Serra



Os juízes membros do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) apreciaram, na tarde desta sexta-feira, o recurso do prefeito cassado Jonas Canarinho (PSL), que tentava anular o indeferimento do registro de sua candidatura pelo Juiz da 11º Zona Eleitoral de Aripuanã, Vagner Dupim Dias.  

Os argumentos de Canarinho foram rechaçados pelo relator do processo, que de forma consistente provou que o prefeito cassado se encontra inelegível. Seus direitos políticos estão suspensos pelo prazo de oito anos como consequência do processo de impeachment que sofreu da Câmara de Vereadores. O voto condutor do relator foi acompanhado por unanimidade pelos demais juízes membros do colegiado.  

Depois de mais essa derrota acachapante no TRE/MT, a candidatura de Canarinho passou a ser mera ficção. Votos, eventualmente, a ele atribuído serão considerados nulos. Na remota de hipótese de ser eleito, jamais vai ser empossado.  

Jonas Canarinho, que já blasfemava contra vereadores, promotor de justiça e o juiz da comarca, pode agora colocar em sua lista de perseguidores todo o colegiado do TRE/MT

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT