Domingo, 14 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 12:52 - A | A

19 de Junho de 2024, 12h:52 - A | A

POLÍTICA / ARMAÇÃO EM BRASNORTE

Vereador acusa delegado de forjar ataque: “Malandro mandou atirar na casa para se fazer de vítima”

Vereador acusa delegado de forjar atentado e denuncia manobra para se vitimizar nas redes sociais

Da Redação
A Bronca Popular



O delegado Eric Fantin, pré-candidato a prefeito de Brasnorte, despejou nas redes sociais, no início da semana, graves acusações contra um empresário da cidade, que supostamente aliado com o narcotraficante Cabeça Branca, teria encomendado sua morte.

Ele também afirmou que sua eventual eleição causaria grande prejuízo para os personagens não identificados que estariam lavando dinheiro de drogas por meio de empresas fantasmas na prefeitura da cidade.

Eric não apresentou provas e nem evidência de provas sobre suas alegações.

A Procuradoria da Prefeitura interpelou Eric Fantin na justiça para apresentar nomes e provas.

Na manhã desta quarta-feira, o delegado postou um vídeo em suas redes sociais.

Nas imagens, um homem na direção de uma motocicleta para em frente à suposta residência do delegado e faz seguidos disparos de arma de fogo. Ele usou o fato para alardear que enfrenta risco de morte na cidade.

Fantin disse que suspendeu as atividades de pré-campanha até que tenha segurança garantida pelo estado para continuar sua jornada rumo à prefeitura de Brasnorte.

A atitude do delegado, que também é digital influencer, gerou desconfiança na sociedade.

O vereador Roberto Marcelo gravou um áudio para desqualificar a denúncia de suposto atentado sofrido pelo delegado.

Segundo o parlamentar, Eric é "malandro" e teria ele próprio forjado o suposto atentado para causar comoção social, se fazer de vítima e tentar projetar seu nome na disputa eleitoral.

Disse o vereador:

Ô, malandro, malandro, essa já é velha. O cara já programou. Foi lá... Tudo projetado. Foi lá na delegacia, fez a denúncia, depois manda atirar na casa para fazer de vítima.

Vagabundo, sem vergonha, rapaz.

Malandro, esse é malandro.

Abre do olho desse cara.

Ei, vocês acha (sic) que o cara quer matar ele vai lá atirar na casa? Atirar na casa? Vagabundo, sem vergonha. O cara quer matar ele vai esperar numa estrada, sei lá... fazer uma tocaia, sei lá aonde, pra chegar aonde ele tá.

Vagabundo, ainda disse que não tava em casa, porque se ele falasse que estava em casa, era um covarde não ter revidado o cara. Então, falou que não tava em casa.

Um cagão, um bosta. Quem vai na casa lá atirar sem saber se estava em casa?

Larga mão. Esse daí é o seguinte: não joga e quer massagem.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por A Bronca Popular (@abroncapopular)

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT