Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

POLÍCIA Segunda-feira, 09 de Março de 2020, 17:12 - A | A

Segunda-feira, 09 de Março de 2020, 17h:12 - A | A

Acusação grave

Filho de advogado acusa motorista de app de abuso sexual em Cuiabá

Amanda Divina
Folha Max

Um motorista de aplicativo de 52 anos está sendo acusado de abusar sexualmente de um adolescente de 17 anos na última sexta-feira (6), em Cuiabá. O abuso, porém,  só foi denunciado nessa segunda-feira (9).

 

O pai do jovem, que é advogado, havia deixado o filho na casa da avó antes de ir para município de Rondonópolis (a 216 quilômetros da capital). 

Durante o relato na 1ª Delegacia de Polícia foi apresentado os dados do suspeito. Conforme o depoimento, o adolescente teria solicidado a corrida no aplicativo do bairro CPA III até a avenida Palmeiras, no Residencial Rio Coxipó, no Jardim Imperial, onde teria aulas de reforço.

 

O menino afirmou que teria sentado ao lado do motorista quando o condutor começou a passar a mão em sua perna. Em depoimento obtido pelo site Olhar Direto, o suspeito teria dito: "você gosta de homem, não tenho dinheiro pra ir para motel, vamos para sua casa terminar o que a gente começou aqui".

Em seguida, o garoto teria revelado que não poderia deixar ninguém entrar em casa. Minutos depois, o suspeito teria dito para ele anotar seu número de telefone para que marcassem um churrasco, e que o mesmo teria uma casa para alugar no bairro Doutor Fábio.

O passageiro efetuou o pagamento saiu do veículo após ter recusado o pedido e ser ameaçado pelo condutor. A corrida estava prevista para ocorrer em 10 minutos, mas durou 26. O jovem foi ouvido na Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, que está investigando o caso.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT