Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 02 de Abril de 2020, 11:52 - A | A

Quinta-feira, 02 de Abril de 2020, 11h:52 - A | A

UMA BOA NOTÍCIA

Eletricista de Torixoréu inventou e fabricou um respirador pulmonar que pode salvar vidas

Especialistas projetam que o número de casos de covid-19 (a doença causada pelo novo coronavírus) deve aumentar exponencialmente nos próximos dias. Essa previsão fez soar o sinal de alarme no setor de vigilância epidemiológica do governo federal. O ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) teme o colapso da rede hospitalar com o crescimento de internações. Essa, no entanto, não é a única preocupação do ministro, de governadores e de prefeitos.  

A maior preocupação nesse momento de avanço rápido do covid-19 é com a falta de respiradores, os chamados ventiladores mecânicos. Mandetta afirmou, em coletiva à imprensa, que a China, maior fabricante do aparelho, não consegue atender a demanda mundial. “Muitos pacientes podem morrer devido à falta de respirador”, disse o ministro.

Solução caseira

Uma alternativa, aparentemente simples, para suprir a preocupante falta de respiradores acaba de ser apresentada pelo eletrotécnico de Torixoréu, José Rodrigues Sales, 52 anos, o popular “Zezinho eletricista”. Ele conseguiu automatizar o conhecido “Ambu”.  

Esse equipamento, segundo descreve o site da “biotecmed”, “tem finalidade de promover a ventilação artificial enviando ar comprimido ou enriquecido de oxigênio para o pulmão. Tais situações requerem da utilização do equipamento: parada respiratória, asfixia, afogamento, infarto e tudo que pode levar o paciente a ter uma parada cardiorrespiratória. Sua utilização é após as compressões torácicas auxiliando na ventilação”.

Zezinho Eletricista afirmou a reportagem deste site que conseguiu adaptar um motor ao Ambu, assim ele funciona automaticamente sem depender de força manual. Ele acredita que seu equipamento pode ser produzido em escala industrial a um custo praticamente irrisório.

“Peguei um equipamento que já existe na saúde (Ambu), que funciona manualmente. Então, desenvolvemos uma máquina que faz funcionar esse Ambu funcionar automaticamente”, afirmou  

O inventor explica que realizou cálculos para saber qual a quantidade que deve entrar e sair do pulmão. “O tipo de ‘motorzinho a ser escolhido deve levar em conta sua potência. Também precisamos de um controlador de rotação para garantir que a força seja continua”, disse ele.  

Indagado sobre o custo do equipamento, Zezinho afirmou que não tem esse cálculo.

“Todas as peças e acessórios que utilizamos na fabricação desse equipamento foram doadas por colaboradores. É resultado dos esforços de amigos que acreditaram no projeto”, afirmou Zezinho.

E acrescentou:

“Se o governo federal, a Anvisa ou algum governador tiver interesse, esse equipamento pode ser fabricado a um preço muito baixo e deve atender as necessidades da população”.  

Em um vídeo que circula na internet, o inventor do respirador pulmonar explica como conseguiu realizar esse projeto, que pode ser de grande valia no enfrentamento a pandemia do novo coronavírus. Assista o vídeo:

Comente esta notícia

Juana Alves 03/04/2020

Parabéns que continue a produzir e fazer bons projetos

positivo
0
negativo
0

Jesus Araujo 03/04/2020

Parabéns! Excelente ideia!

positivo
0
negativo
0

2 comentários

1 de 1

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT