Quarta-feira, 12 de Junho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 20 de Agosto de 2020, 13:54 - A | A

Quinta-feira, 20 de Agosto de 2020, 13h:54 - A | A

Suplente de Leitão é suspeito de fazer disparo de mensagens em massa pelo Whatsapp

Júlio Campos estaria usando celular com DDD de Minas Gerais para compartilhar mensagens de texto e vídeo

EDÉSIO ADORNO
Redação

Na última segunda-feira (17), o juiz membro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), Jackson Francisco Coleta Coutinho, deferiu uma liminar pleiteada pelo PSL, em pedido de produção antecipada de provas formulado contra o senador interino Carlos Fávaro (PSD), que é suspeito de contratar empresas que promovem disparo em massa de mensagens pelo Whatsapp.  

Julio Campos disparo Whatsapp.JPG

 


 


 

Na medida, o magistrado concedeu 72 horas para Fávaro informar nos autos, com apresentação de documentos comprobatórios, se contratou empresa para realizar a divulgação das publicações denunciadas pelo PSL.    

Suplente de Leitão  

Pelo visto, a prática de promover disparo de mensagens em massa pelo Whatsapp não seria uma exclusividade de Fávaro. O ex-governador Júlio Campos (DEM) e declarado 1º suplente do pré-candidato ao senado, Nilson Leitão (PSDB), é suspeito de recorrer ao mesmo artificio para ganhar visibilidade nas redes sociais.  

Na manhã desta quinta-feira, nossa redação recebeu uma mensagem de Júlio Campos, que foi encaminhada por um celular de prefixo 32. Tanto no texto quanto no vídeo, o pré-suplente do tucano faz enfática defesa do empoderamento da mulher. Entramos em contato com Julinho, via mensagem de Whatsapp, mas até o fechamento desta matéria não houve retorno.  

O TSE já decidiu que o recurso de disparo de mensagens em massa não será permitido durante a campanha eleitoral de 2020. Os infratores poderão ser multados entre R$ 5.000 e R$ 30.000 pela Justiça Eleitoral. Caso reste configurado que Favaro e Campos tenham se valido desse artificio, já podem preparar o bolso para adimplir possível multa.

Veja vídeo

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT