Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

BISTURI Domingo, 10 de Janeiro de 2021, 13:41 - A | A

10 de Janeiro de 2021, 13h:41 - A | A

BISTURI / CAMPO NOVO

Justiça deve retirar Burgel do comando da Câmara de Vereadores



A justiça deve ejetar, nos próximos dias, Marcelo José Burgel do comando da presidência da Câmara de de Vereadores de Campo Novo do Parecis. Motivos e plausibilidade é o que não faltariam, segundo entende consagrados juristas que analisaram o caso.

Na eleição de 1º de janeiro, Burgel teve o registro de sua chapa indeferido porque dormiu no ponto, perdeu o trem da legalidade e requereu o registro quando o prazo já havia exaurido. Baioto, então disputou o pleito, como candidato único. Teve 4 votos sim e 5 contrários, o então presidente entendeu, sem base legal, que o candidato do MDB teria sido derrotado.

Ato continuo e mais uma vez sem observar o Regimento Interno da Casa, que não abre brecha para novo registro de candidatura, o então presidente provisório Jorge Itamar Rodrigues, deferiu o registro da candidatura de Burgel, que teria sido 'eleito'.

Burgel perdeu prazo, foi negligente, relapso e desidioso, mas foi salvo por um golpe no regimento. É o tipo caso do individuo que se beneficia da própria torpeza. E mais: dormiu e foi socorrido pelo direito. Claro, sua eleição e posse configuram atos de cristalina ilegalidade, cujo absurdo deve ser corrigido pelo judiciário.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT