Sábado, 13 de Julho de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 14 de Abril de 2021, 09:12 - A | A

14 de Abril de 2021, 09h:12 - A | A

POLÍCIA / RACISMO

Médico perde a compostura e xinga funcionária de hotel de "macaca e vagabunda"

O doutor ainda teria ameaçado os policiais que atenderam a ocorrência

Emily Magalhães
Folha Max



Um médico de 47 anos foi preso na noite desta terça-feira (13) após xingar a funcionária de um hotel de "macaca, vagabunda, gorda e preta". A ofensa racial ocorreu num hotel no bairro Jardim Esmeralda, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá). 

De acordo com informações, a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência e encontrou o homem embriagado.  

Testemunhas disseram que ele está no hotel há cerca de um mês e, durante esse período, tem causado transtornos por causa do excesso de bebida alcoólica. O acusado ainda quebrou algumas garrafas de cerveja e entrou no quarto de outro hóspede, se recusando a sair. 

Ainda segundo relato, ele teria oferecido dinheiro para uma outra funcionária se deitar com ele. A mulher negou o pedido.  

Ao ser abordado pela polícia, o suspeito começou a ofender os militares e ameaçá-los, dizendo que sua esposa é juíza. Diante dos fatos, ele foi detido e encaminhado à delegacia onde foi autuado por perturbação do sossego alheio, desacato, ameaça e injúria racial. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Comente esta notícia

(65) 99978.4480

[email protected]

Tangará da Serra - Tangará da Serra/MT